domingo, 23 de maio de 2010

Referências a Deus são retiradas de sala de aula

     Um professor de matemática de San Diego, Estados Unidos, foi forçado a retirar dois banners da parede de sua sala de aula porque eles continham frases como “Confiamos em Deus”, “Uma nação aos pés de Deus” e “Deus abençoe a América”
     Um juiz federal disse que a Escola Poway errou em ordenar a remoção dos banners.
     Brad Johnson, professor há 32 anos, afirmou que utiliza esses banners motivacionais em suas salas de aula desde o início da carreira. Quando ele recitava o Juramento de Lealdade à bandeira e república norte-americana, ou a Declaração da Independência e outros textos da sociedade norte-americana juntamente com seus alunos, Brad decidiu pendurar um cartaz vermelho, branco e azul fazendo referência aos sentimentos da nação. O pôster permaneceu pendurado na parede durante 25 anos e ninguém nunca reclamou.
     Há 20 anos, Brad acrescentou outro cartaz, que diz: “Todos os seres humanos são iguais. Todos são abençoados por seu Criador”.
     “Eu tenho várias fotos de paisagens em minha sala de aula, de parques nacionais e outros pontos conhecidos do país. Eu os coloco próximos aos outros, para que os alunos reflitam que, como nação, não estamos aqui por acaso, que não somos um acidente, mas fomos criados e abençoados por um Criador”, conta o professor.
     Brad Johnson não fala sobre os pôsteres na sala de aula, mas conta que os alunos afirmam que sua aula é relaxante e inspiradora.
     Brad Johnson disse que ficou surpreso quando ordenaram que os cartazes fossem retirados.
     “Eu fiquei pensando o que havia mudado em nossa cultura e na opinião da escola sobre os banners que, de repente, eles tiveram que ser retirados”.
     Fonte: Folha Gospel / por Missão Portas Abertas

Nenhum comentário: