quinta-feira, 20 de maio de 2010

Polícia fecha quatro rádios piratas e detém dois em Osasco (SP)

     A Polícia Técnico-Científica, fiscais da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e policiais do Setor de Investigações Gerais fecharam quatro rádios piratas que funcionavam em Osasco (Grande São Paulo) ontem (11), segundo a SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública).
     A partir de denúncias anônimas, a ocorrência começou pelo bairro Jardim Padroeira, onde uma rádio foi fechada e um homem de 29 anos, preso. Em seguida, no bairro Jardim Conceição, os policiais e a Anatel fecharam outra rádio que funcionava nos fundos de uma igreja evangélica. O responsável não estava no local, mas será indiciado, de acordo com a SSP.
     No Bairro Munhoz Junior, foram encontradas mais duas rádios piratas. Em uma delas, o proprietário, de 42 anos, foi detido.
     As pessoas autuadas têm direito a pagar fiança e a responder em liberdade o processo por desenvolvimento clandestino de atividade de telecomunicações.
     Em Junho de 2009, a Polícia Civil já havia fechado uma rádio clandestina instalada no bairro de São Mateus, zona leste da São Paulo (SP). A antena da emissora, com programação evangélica, estava fixada no município de Mauá, na região do ABC. Vários equipamentos de transmissão foram apreendidos durante a operação policial.
     As autoridades responsáveis pela ação informaram que a rádio transmitia o sinal em duas freqüências. A apreensão da polícia representa a tentativa das autoridades em minimizar o problema crônico das emissoras clandestinas vigentes no estado. De Janeiro de 2009 até maio de 2010, mais de 160 rádios piratas foram fechadas em São Paulo.
Fonte: O verbo /  Folha Online

Nenhum comentário: