quarta-feira, 19 de maio de 2010

Em sinal do crescimento do Cristianismo na China, Bíblia vira artigo raro no país

A igreja está crescendo na China e, com isso a demanda por Bíblias. Segundo o chefe do programa em Parceria com a Sociedade Bíblica chinesa, Kua Wee Seng, a Amity Printing Press, a única editora chinesa autorizada a imprimir Bíblias, está lutando para manter a demanda.
     Embora o número de Bíblias impressas tenha aumentado quatro milhões desde o ano passado, ainda não é suficiente para o número de pedidos. A cada ano cerca de 500 mil pessoas se convertem ao cristianismo no país.
     Seng exortou aos cristãos do Ocidente a apoiar a Campanha da Sociedade Bíblica 2010 para levantar fundos para a compra de uma nova impressora. A pretensão é que sejam impressas mais 12 milhões de Bíblias na China.
     A ajuda financeira dos cristãos ocidentais permitiu que Bíblias fossem impressas na China, pois foram doadas toneladas de papel. Somente agora a China conseguiu produzir seu próprio papel para a impressão do Livro Sagrado.
Traduzido e puplicado pelo Gospel+ do Christian Today

Nenhum comentário: