quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Mendigo canta e prega durante culto e vídeo se torna viral nas redes sociais;

Mendigo canta e prega durante culto e vídeo se torna viral nas redes sociais; Assista
O que em muitos casos se revela um incômodo para pastores e fiéis, mostrou-se uma forma inusitada da manifestação da graça de Deus na vida de uma pessoa.

Um mendigo entrou na igreja Assembleia de Deus ministério Siloé em Macaé, Rio de Janeiro, durante um culto do Congresso de Jovens, e interrompeu a celebração com comentários.
A postura dos fiéis, no entanto, foi de tolerância com o mendigo, o que o deixou à vontade para expressar seus sentimentos.
O homem falou que havia ido a uma outra igreja, onde fora mal tratado, e disse: “Jesus não gosta de crente ruim não”. Ainda se queixando do tratamento recebido na outra denominação, o mendigo disse que quando pediu água, um dos obreiros o pegou pelo colarinho e o ameaçou por pra fora do templo.
“Ele pode até me bater, me jogar pra fora, mas Jesus nunca vai me jogar pra fora”, disse o homem, que estava com aparência de embriaguez e roupas sujas.
Conversando com a ministra que dirigia o culto, ele elogiou o que um dos obreiros daquela igreja fez por ele quando pediu água: “O que você fez por mim, você fez pelo próprio Deus, e Ele vai fazer muito mais por você”, disse o mendigo, apontando para o jovem.
Na sequência, ele pede para cantar, e com a autorização do pastor, pega a guitarra e dedilha alguns acordes. Quando o mendigo recebe o microfone, canta a música “Vai Dar Tudo Certo”, de Noemi Nonato e os fiéis aplaudem e glorificam a Deus.

REAÇÃO: Apesar da postura de acolhimento, um dos fiéis admitiu que no começo, sentiu-se reticente quanto às intenções do mendigo: “No início todos pensamos que se tratava apenas de mais um bêbado que entrou na igreja, para distrair os irmãos, mas todos sentimos a presença do Espirito Santo na vida daquele homem. Achamos muito humilde a atitude do pastor, de aceitar que ele cantasse, e depois que vimos ele cantado, nos impressionamos “, disse Eduardo dos Santos ao site A Volta de Cristo.                                                                                                                             
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


Nenhum comentário: