terça-feira, 1 de julho de 2014

Será construída em Berlim a primeira “igreja-mesquita-sinagoga” do mundo, para unir religiões

http://i1.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/06/a-casa-de-um.jpg?resize=412%2C351Começou essa semana a arrecadação de fundos para um projeto ousado que está sendo projetado em Berlim, na Alemanha, para a construção de um templo que unirá as três grandes religiões monoteístas: cristianismo, islamismo e judaísmo.
O prédio, que está sendo chamado de “The House of One” (A Casa de Um, em tradução livre), será um edifício de tijolo com uma torre alta e quadrada no centro, com um pátio onde ficarão as casas de culto das três religiões: a sinagoga, a igreja e a mesquita.
A construção está sendo idealizada por representantes das três religiões, e a arrecadação de fundos será feita online, onde qualquer pessoa pode doar através da compra simbólica de tijolos que custam, cada um, 10 euros (cerca de R$30). O início das obras está previsto para quando a arrecadação atingir 10 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões), valor que os idealizadores acreditam que será arrecadado até 2015.
Segundo a BBC, a ideia da construção da “igreja-mesquita-sinagoga” partiu dos cristãos. O pastor protestante Gregor Hohberg, explica que a Casa será construída no local onde ficava a Igreja de St Petri, primeira igreja de Berlim, que data do século 12 e foi duramente atingida no final da Segunda Guerra Mundial.
- Sob o mesmo teto: uma sinagoga, uma mesquita e uma igreja. Queremos usar esses espaços para nossas próprias tradições e orações. E juntos queremos usar a área central como um espaço de diálogo e de discussão e também para aqueles não tem fé – explicou Hohberg.
- Berlim é uma cidade onde pessoas de todo o mundo se reúnem e nós queremos dar um bom exemplo de união – completou.
O rabino Tovia Ben Chorin, um dos idealizadores do projeto, destacou a importância histórica da escolha da capital alemã para a construção do projeto. O prédio será erguido na região de Petriplatz, no coração de Berlim.
- Do meu ponto de vista judaico, a cidade que planejou o sofrimento dos judeus agora é a cidade que está construindo um centro para as três religiões monoteístas que moldaram a cultura europeia – afirmou Chorin.
O imã Kadir Sanci, líder muçulmano envolvido no projeto, afirma que A Casa de Um é “um sinal para o mundo de que a grande maioria dos muçulmanos é pacífica e não violenta”. Ele afirma ainda que a “igreja-mesquita-sinagoga” será um lugar onde diferentes culturas poderão aprender umas com as outras.
Religiosos responsáveis pelo projeto
Religiosos responsáveis pelo projeto

Semelhança arquitetônica

O arquiteto Wilfried Kuehn, responsável pelo projeto, explica que cada uma das três áreas da construção terá o mesmo tamanho, mas um formato diferente para atender cada uma das religiões.
- Cada um dos espaços foi projetado de acordo com as necessidades do culto religioso, com as particularidades de cada fé. Por exemplo, há dois andares na mesquita e na sinagoga, mas apenas um na igreja. Haverá um órgão na igreja. Teremos um lugar onde se possa lavar os pés na mesquita – detalhou Kuehn.
- O que é interessante é que, quando você volta um tempão atrás, observa-se que eles compartilham uma série de tipologias arquitetônicas. Eles não são tão diferentes. Não é necessário, por exemplo, que uma mesquita tenha um minarete; essa é apenas uma possibilidade, não uma necessidade. E uma igreja não precisa ter uma torre. Eu estou falando de voltar às origens, quando essas três religiões estavam perto e compartilhavam arquitetonicamente de muitas coisas – completou o arquiteto, ressaltando ter ficado surpreso com a semelhança entre os locais de culto das três religiões.
fonte Gospel mais - Por Dan Martins

Nenhum comentário: